Porto da Barra

A Barra é um dos bairros mais tradicionais de Salvador. É banhada pelo Oceano Atlântico e pela Baía de Todos os Santos. Preserva em sua paisagem um acervo histórico e arquitetônico valioso para o Brasil, sendo o Farol da Barra um dos ícones mais famosos, ao lado do Forte de Santa Maria, do Forte São Diogo e, mais acima, da Igreja de Santo Antônio da Barra.


Reprodução do cartão postal da coleção privada do Eng. Ubaldo Senna Filho.

No início da colonização do território brasileiro, o Rei D. João III doou a Capitania Hereditária da Baía de Todos os Santos ao donatário Francisco Pereira Coutinho, que se instalou na região em 1534, fundando o Arraial do Pereira. O Arraial localizava-se onde hoje se situa a Ladeira da Barra, com casas para cem moradores. Essas casas seriam encontradas quinze anos depois, em 1549, por Tomé de Sousa. Nas cartas dos jesuítas e nos documentos do governador-geral, essa região foi denominada de Vila Velha.

Foi no atual Porto da Barra, que Tomé de Sousa desembarcou com homens e materiais, fundando a cidade de São Salvador da Bahia de Todos os Santos no século XVI. Na época, a vila já contava com mais de mil habitantes, entre índios e europeus. Após a criação da capital, Vila Velha foi lentamente se esvaziando até desaparecer completamente. Até o século XIX, permaneceu como o subúrbio da cidade. Nas primeiras décadas do século XX, tornou-se um balneário marítimo e após a transformação do Caminho do Conselho na Avenida Sete, iniciou-se o seu processo de consolidação como bairro importante.


Painel alusivo ao desembarque de Tomé de Souza para fundação da cidade do Salvador. Esse painel atual é do português Eduardo Gomes, de 2003. Substituiu o anterior de autoria do pintor, também português, Joaquim Rebucho, datado de 1949.

A praia do Porto da Barra limita-se ao norte pela encosta que é formada pela Ladeira da Barra e pelo Forte São Diogo e ao sul pelo Forte de Santa Maria.

O trecho entre o Forte São Diogo e o Forte de Santa Maria é uma enseada de ondas calmas e água de temperatura agradável, bastante propício ao banho de mar.

No passeio existe uma balaustrada, de onde se tem uma excelente vista da Ilha de Itaparica e pode-se apreciar um belíssimo pôr-do-sol! Não é à toa que todos os finais de tarde o Sol é aplaudido!

Na região do Porto da Barra são facilmente encontrados hotéis, resturantes e bares. Para a compra de artesanato local, existe uma loja do Instituto Mauá, que comercializa as peças confeccionadas por esmerados artesãos.

O Porto da Barra é uma das regiões mais charmosas e encantadoras de Salvador. Não apenas pela sua beleza natural, a praia calma e o Sol acolhedor, mas também pela sua força e vivacidade humana. Podemos dançar ao som da boa música das bandas de forró (ritmo típico do interior nordestino), apreciar os corpos vigorosos no jogo da capoeira, saborear um bom acarajé ou abará preparados pelas famosas baianas. Na praia, o barulho do mar só é interrompido pelo cantar alegre dos vendedores ambulantes, divulgando seus produtos, uma permanência cultural do período da escravidão.

É impossível não ficarmos contagiados com tanta alegria e bom humor, características típicas do caráter baiano.

Texto de Soleni Biscouto Fressato

Sobre reveillondoforte

Uma marca consolidada de eventos em Salvador - Bahia.
Esse post foi publicado em Informações Gerais e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s