Gerônimo Santana vai agitar o Réveillon do Forte 2011

A partir da meia noite, ou melhor para começar bem o ano 2011, Gerônimo Santana e Banda Mont’ Serrat tocarão no palco principal do Espaço do Show. Nem precisaria escrever apresentando esse consagrado artista baiano mas, para não passar em branco, segue um texto de Jorge Portugal*:

Gerônimo – O Cantador de Promessas

Existem, a meu ver, três categorias de criadores que povoam o universo artístico deste nosso lugar: os artistas na Bahia, os artistas da Bahia e os artistas baianos. Os primeiros, embora grandes e bons criadores, moram no estado (tendo aqui nascido ou não), mas sua arte não tem uma vinculação visceral com o que somos e o “como somos”. Podem até dialogar com o mundo de maneira excepcional, todavia estão sempre distantes das coisas que formam a nossa cultura e nos definem como povo.

Na segunda categoria – artistas da Bahia – o cidadão (ou cidadã) pode até não morar aqui (embora aqui tenha nascido), não respirar o ar e o ritmo do nosso cotidiano, porém, vez por outra, expressa de forma magistral o quanto há de Bahia dentro de si. É uma espécie de poesia adormecida que transborda em cores, palavras e música como a dizer: “por mais distante, o errante navegante, quem jamais te esqueceria…”

Os artistas baianos, por sua vez, são singulares e especiais. Esses não apenas falam da Bahia ou sobre a Bahia. Nesse particularíssimo caso, é a Bahia que fala por eles; através deles. É o caso da santíssima trindade baiana, Caymmi, Jorge Amado e Carybé. É o caso de Gerônimo Santana. Esses artistas são autênticos “cavalos da Bahia”, no sentido mesmo do médium que incorpora o Orixá e apenas empresta seu corpo para as palavras e ações da entidade. Cantam, pintam ou escrevem da forma como ninguém mais está autorizado a fazer. São a própria Bahia encarnada.

É assim que vejo Gerônimo. Desde que o ouvi cantar pela primeira vez na casa de Cristina, no distante 1971, essa impressão nunca saiu de mim. Nunca mais esqueci de Fim de Semana na Bahia, saída da boca daquele menino ainda. Depois vieram Mensageiro da Alegria, Abafabanca, Jubiabá, Lambada de Delícia, e, com a sua alma gêmea musical Vevé Calazans, Abracei o Mar e o hino definitivo da Bahia, É D’Oxum.

Agora, esse Gerônimo pagador de promessas. Cantador de promessas da Escadaria do Paço, fazendo a festa do povo há sete anos, sem se amarrar à energia do dinheiro nem à falsa alegria que precisa de cordas para ir às ruas. Gerônimo faz a festa de largo no Centro Histórico de uma cidade que anda por música. Nas noites de terça da Bahia preta, Gerônimo é uma bênção!

*Jorge Portugal é educador, poeta, referência nacional nos temas redação e língua portuguesa e membro do Conselho Nacional de Política Cultural. Parceiro de artistas como Roberto Mendes, J Veloso, Maria Bethânia, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Daniela Mercuri, Margareth Menezes, Tania Alves, Raimundo Sodré, Roberto Mendes, Fafá de Belem, Sandra de Sá, dentre outros.

Foto André Lima

Sobre reveillondoforte

Uma marca consolidada de eventos em Salvador - Bahia.
Esse post foi publicado em Outras Edições e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s